datarex.info
Baixe arquivos de milhares de arquivos para educacao
 

BAIXAR PONTOS CANTADOS NA UMBANDA

datarex.info  /   BAIXAR PONTOS CANTADOS NA UMBANDA
postado por Aurelia

PONTOS CANTADOS NA UMBANDA

| Diversão

    Contents
  1. Pontos de Iansã - Ela É Oya
  2. Yemanja baixar Pontos de Yemanja – Iemanja – #Umbandaime mp3
  3. Pontos Cantados
  4. Xirê dos Orixás: Pontos Cantados

Pontos cantados na umbanda em mp3,pontos cantados na umbanda em Voce poderá baixar estes pendrives virtuais para o seu computador a hora que. Venha ouvir Pontos de Iansã - Ela É Oya, Ponto de Maria Padilha, O Sino da Igrejinha e muitas outras músicas!. Veja as letras de Umbanda e ouça "Pontos de Iansã - Ela É Oya", "Ponto de Maria Padilha", "O Sino da Igrejinha", "Hino Dos Orixás" e muito mais músicas!.

Nome: pontos cantados na umbanda
Formato:ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: iOS. Android. Windows XP/7/10. MacOS.
Licença:Grátis!
Tamanho do arquivo:53.62 Megabytes


UMBANDA BAIXAR NA PONTOS CANTADOS

Luz que refletiu na Terra, luz que refletiu no mar, Luz que veio de Aruanda para tudo iluminar. Parte 1. Pontos Caboclo Akuan. Porque é o melhor lugar para baixar arquivos. O seu ponto é bem seguro, é duro de bambiar.

Venha ouvir Pontos de Iansã - Ela É Oya, Ponto de Maria Padilha, O Sino da Igrejinha e muitas outras músicas!. Veja as letras de Umbanda e ouça "Pontos de Iansã - Ela É Oya", "Ponto de Maria Padilha", "O Sino da Igrejinha", "Hino Dos Orixás" e muito mais músicas!. Para baixar é necessário clicar no botão de download correspondente à música/ ponto, e na próxima tela, clicar na flecha no canto direito. Aí é só escolher onde. Videos. Videos e letras de pontos cantados. service 4. Textos · Relatos e textos inspirados na cultura Umbandista a Yemanjá. Baixar Video. Baixar Mp3. 7 Lindos Pontos de Caboclos Pontos Cantados de Umbanda - YouTube Pontos de Caboclo Boiadeiro,Baixar Pontos de Caboclo Boiadeiro,ouvir umbanda.

Nego No Jacaré. Caboclo firma seu ponto Oi na pontinha do cipó Caboclo firma seu ponto Oi na pontinha do cipó A meia noite da lua Ao meio dia do sol A meia noite da lua Ao meio dia do sol. Hoje tem alegria no terreiro do meu pai , sarava Sete Pedreiras que ele é chefe de congar Hoje tem alegria no terreiro do meu pai , sarava Sete Pedreiras que ele é chefe de congar Embala eu baba, embale eu Embala eu baba, embale eu.

Se a sua espada é de ouro, Sua coroa é de rei, Se a sua espada é de ouro, Sua coroa é de rei, Ogum é tata de umbanda Tupiguara comanda ogunhê Ogum é tata de umbanda Tupiguara comanda ogunhê. Por de traz daquela serra, Tem uma Linda cachoeira, Por de traz daquela serra, Tem uma Linda cachoeira, Que é de meu pai Xangô Oi que rolou sete pedreiras Que é de meu pai Xangô Oi que rolou sete pedreiras.

Ela atirou, Ela atirou. Ó pomba-gira é mulher de sete exus, senhora pomba gira é neta de Orutu, o vento trouxe, o vento vai levar, o mal que o vento trouxe, o vento vai levar. Mapa do site Imprimir RSS. Crie um site gratuito Webnode. CEU "Aruanda Sagrada". Oi descarrega, oi descarrego em nome de Ogum. Oh descarrega meu Pai, oh tenha dó, somos filhos de Zambi meu Pai, oh tenha dó.

Abençoai meus inimigos, meu Santo Antônio Pelo amor de Deus. Vós governar meu país e fazer cumprir nossas leis. Abençoa esse povo que sofre, faz paz na terra reinar.

Uma estrela nos ilumina. Estrela é a nossa guia. Que os nossos anjos da guarda sejam a nossa companhia. A nós descei Divina Luz. E no mais triste, desatino. No mais profundo abismo, sem fim, sem fim. E diga que somos soldados de Aruanda, trabalhamos na Umbanda carregando a nossa cruz. Rainha das ondas sereia do mar. Sarava estrela do mar, ê ê estrela do mar. Sua rede vazia ao ver lamentou. Eu sou seu filho, venha me socorrer! Minha família me espera, a pesca é o sustento pra sobreviver.

O seu lindo manto azul, é a força que me guia, aos caminhos da bondade, pra crescer a cada dia. Seu colar é de concha, seu vestido se arrasta na areia. Ela tem cheiro de mar ela sabe cantar, ponto de sereia. Eu moro no mar e hoje sou seu namorado. Eu escrevi um pedido na areia, Pedindo a Zambi pra me socorrer. Estrela é, estrela ah. Estrela brilha ê ê ah. Calunga eh eh eh eh, calunga ah ah ah ah As ondas do mar bateu na areia, a Sereia veio nos salvar. Hum hum oh oh oh oh oh, no fundo do mar, iê iê.

Oh oh! Oh oh oh Dança no calor do sol. Sarava, Oxum Menina! Se a noite é das estrelas, o dia faz a gente pensar. Ai ieieoh Oxum, de alegria estou sorrindo.

É lindo ver, sua imagem sagrada, na cachoeira minha vitória foi traçada. Seu amor vem me valer nas tristezas dessa vida.

NA CANTADOS BAIXAR UMBANDA PONTOS

Nas horas de agonia, é ele é quem nos valer. Venha ver o terreiro e levar todo mal na sua marola. Um ponto pra assentar, mandou cantar. Oh me lava. Lave minha boca para que eu possa dizer, Mensagens de amor a quem precisa receber. Lindo todo o meu despertar. Quando em seu colo me deito, me sinto perfeito em todo meu ser. Negra da costa. O que traz em seu balaio pra vender? Ela traz acarajé, com azeite de dendê. E nana aua É nana aue. Senhora Santana quando andou pelos montes. Senhora Santana, com seu manto roxo.

Foi pro mar. Afastando as nuvens negras, que querem me derrubar. Se nele encontrar espinhos, em flores eu vou pisar. Soprou um vento longe, de longe vêm com a brisa do mar. Relampejou, trovejou, choveu, veio a bonança quando ela apareceu. Rainha dos raios, rainha dos raios, rainha dos raios, tempo bom, tempo ruim. Kaô cabecilê. Meu povo venha ver. Vamos sarava.

Kaô Kabecilê. O Rei esta em terra, gente!

Pontos de Iansã - Ela É Oya

Vamos Sarava! É Xangô até o fim. Iluminou a Aruanda iluminou. Toda florida com flores coloridas, todos cantam a chegada de Xangô. Ele vem beirando o mar. No alto da pedreira foi fazer justiça pra nos ajudar. Xangô senhor da verdade, que faz justiça em nossa terra, Com seu machado destrói o mal, Trazendo a paz, findando a guerra.

Pedra sobre pedra, consegui fazer, a gruta pra Oxumarê. As pedras rolaram pro mar, corais se formaram para enfeitar. Um canto sereno vem anunciar, é Janaína que vem ajudar.

Yemanja baixar Pontos de Yemanja – Iemanja – #Umbandaime mp3

Xangô mora nas pedreiras, eu vi foi relampejar, kaô cabecilê meu Pai, sarava Xangô, sarava Xangô. Sua atabaque ecoa, filho de Umbanda chora. Se eu errei, aqui estou pedindo maleime meu Pai Xangô. Quando os atabaques tocam, minha aldeia se levanta, pra ver quem é, quem é, quem é? Xangô oh, oh, oh. Abençoa os seus filhos aqui, ali, seja onde for. Quem rola a pedra na pedreira é Xangô, é Xangô, é Xangô. Que me mande a faísca de um raio divino defendei meu terreiro de um mal protetor.

Obaluaiê olha meu casuê, atotô. Olha meu casuê, atotô.

Pontos Cantados

A minha sina é só padecer, oi abre a porta venha receber. É Obaluaiê papai que eu quero ver. Olhai o nosso corpo, no espirito da luz. Depois que ele acalmar ensina-lhe o caminho.

Óh rei do mundo, oh rei do mundo. Obaluaiê, Ele é forte, ele veio, Obaluaiê, Salvar Senhor da terra, Senhor da vida, Senhor da chaga, Senhor das partidas. Seu nome santo, me faz refletir da vida o que levo e o que deixo aqui. O velho Omulu vem caminhando no terreiro, O velho Omulu vem sarar nesta conga. O velho Omulu sustenta o campo santo, O velho Omulu vem aqui nos ajudar.

Oh atotô, atotô pai Omulu. Vim em seu cruzeiro para lhe ofertar, nesse portal de luz venha me curar. É Obaluaiê, É Obaluaiê. A sua casa é de pedra toda coberta de sapê a onde mora a andorinha, é a casa de Obaluaiê. Tem magia, tem mistério, tem mironga, tem poder. Nas paredes tem pipocas e nos cantos tem dendê. Essa casa é de Obaluaiê 4X Ele é um velho. É muito velho. Pra dentro da terra. É força sagrada, que nos governa. Ele é um velho.

Sarava as almas, sarava congar. Se ele venceu demandas, eu também sei demandar. Ilumina os 4 cantos com o santíssimo sacramento. Olha seus filhos primeiro Jorge. Sarava meu pai. Girar é bom, girar é bom, girar é bom, é bom girar! Eu tenho 7 Espadas para me defender, Eu tenho Ogum em minha companhia. Mas Ogum vai baixar na fé de Zambi e da Virgem Maria. Mas quem me der Ogum, Para ser meu guia, Ogum é soldado de cavalaria. A fumaça representa as nuvens e a cerveja branca a espuma do mar. Se meu Pai é Ogum, Ogum.

Vencedor de demanda, Ele vem de Aruanda pra salvar filhos de Umbanda. Ogum, ogum Iara. Sou eu, guerreiro, cheguei da guerra, Venci muitas batalhas, quando eu trabalhei em terra. Oh fala guerreiro. Fala guerreiro. Ogum Beira Mar O que trouxe do mar? Mostre a bandeira para os filhos de Jesus, Ogum!

Clareou, clareou! Sobre a luz da lua cheia. Olhando as cachoeiras. Quem é o cavaleiro?

CANTADOS UMBANDA NA PONTOS BAIXAR

Com sua espada a empunhar. É Ogum meu Pai! Ogunhê meu Pai. Ogunhê, Ogunhê! Ogum de Lei pelo mundo andei, Ogum de Lei pelo mundo vou andar. O nosso mundo é areia do mar. É chamar pelo seu nome ele vem lhe amparar. Ele é Ogum, é pai, é protetor. Foi nos campos de batalha Pai Ogum se consagrou.

PONTOS UMBANDA BAIXAR CANTADOS NA

Se o filho chama, ele vem lhe ajudar. É nessa hora que ele emana seu poder. Sempre combateu o mal. Pai Ogum na nossa Umbanda ele é o nosso general.

Sua bandeira tem bordada uma cruz. Pai Ogum venceu demanda em nome de Jesus e na Umbanda quando vem pra sarava. Ele vem das matas virgens, vem da terra ou pelo mar. Sua a bandeira cobre todos os filhos de Jesus. Seu cavalo corre, sua espada reluz.

CANTADOS BAIXAR UMBANDA PONTOS NA

Auê seu Ogum Iara aos pés da santa cruz. Vermelho e branco, verde e azul, esse capacete têm as cores de Ogum. Ogum é todo Malé, Malé ô linha ôh. Oxóssi Oh! Senhor das matas. Nesta sua paz eu vou me abrigar. Eu vi meu pai assobiar, ele mandou chamar.

Vem de Aruanda ê, vem de Aruanda â, eu vi meu pai assobiar, ele mandou chamar. Eu saravei, todos os caboclos, todos os caboclos sua banda sarava. É Oxóssi, e seu cavalo com seu chapéu de banda. Ele é filho do verde, ele é filho das matas. Sarava Nossa Senhora, com a sua flecha mata.

Vem de Aruanda auê, vem de Aruanda auâ. Ele vem de Aruanda pra saudar esse conga. Viva viva! Estava chovendo na Jurema, as folhas se abriram toda em flor. O sol clareava mundo inteiro, quando veio o nosso chefe Oxóssi caçador. Se ela abandou sua choupana caçador foi no romper da madrugada.

Oxóssi é poderoso, da mata ele é senhor. Oh Luz do Conhecimento, vem brilhar aqui na Umbanda. Ele traz sua Flecha e sua Coroa a iluminar. Pai Oxóssi vem chegando com sua Luz dourada. Okê Arô sarava Oxóssi êh! Okê Arô sarava Oxóssi ah!

Xirê dos Orixás: Pontos Cantados

Okê Caboclo! Ouvi meu Pai assoviar, ele mandou chamar. Ele é caboclo da mata virgem, ele trabalha até o romper da aurora. Caboclo vai pelas matas vai. Vestimenta de caboclo é samambaia É samambaia, é samambaia.

Corto língua de falador. Chegou Ubirajara, do peito de aço. Mas mesmo assim o céu estava azul. Firma seu ponto, Na folha da Jurema, Oxóssi reina, de norte a sul.

Treme Terra, Treme Terra, quero ver terra gemer. Vestimenta de caboclo, é a samambaia. Oh lua cheia, oh quarta minguante. Oh lua nova clareou o dia, Oh lua nova clareou o sol, Oh lua nova clareou as estrelas, Oh lua nova meus caboclos é hora.

Caboclo Sete Flechas no gongar. Auê, auê, meus caboclos auê. No centro da mata virgem, uma linda cabocla eu vi. Estava na minha aldeia, vivendo sempre a sorrir. De um lado era seu Rompe Mato, do outro seu Cobra Coral. Quando a Aruanda se abre, eu quero ver quem é. É um terreiro pemba, com seu saiote de pena.

Sua flecha seu boque viva Deus nosso Senhor.